Buscar
  • Equipe La Petite

Como saber se a Tecnologia está ajudando ou prejudicando processos dentro do seu negócio.

Todos sabemos que as novas tecnologias são vistas como mais uma ferramenta de auxílio ao pequeno empreendedor, e como dinamiza a maioria dos processos que antes eram muito lentos e burocráticos. Porém, até que ponto você está sabendo usar a seu favor todas essas tecnologias para o seu crescimento pessoal e profissional?


Refletir sobre o uso das novas tecnologias para a melhoria dos processos empresariais é uma tarefa de todos e uma reflexão de extrema importância, visto que a simples utilização de um ou outro equipamento tecnológico, sistema ou aplicativo não pressupõe um trabalho bem feito, eficiente e que trará resultados positivos para a sua empresa ou negócio.


Vivemos uma nova era: a tecnologia e o homem, ambos integrantes de uma sociedade que progride rumo ao desenvolvimento.


Hoje na chamada sociedade da informação, novas de formas de pensar, de agir e de comunicar-se são introduzidas como hábitos corriqueiros, são inúmeras as formas de adquirir conhecimento, bem como também são diversas as ferramentas que propiciam essa aquisição, assim como o troca de informações de maneira rápida e eficiente. Dominar ferramentas como Whatsapp, redes sociais, compartilhar dados por links e nuvem, são hoje, exigências da sociedade moderna.

E com esse uso constante, são outras as maneiras de compreender, de perceber, de sentir, de compartilhar e de aprender, em que a afetividade, as relações, a imaginação, a interpretação, clareza e objetividade não podem deixar de ser considerados. Na sociedade da informação aprende-se a reaprender, a conhecer, a comunicar-nos, a ensinar, a interagir, a integrar o humano e o tecnológico, a integrar o individual, o grupal e o social. Porém sentimos uma perda constante de elementos cruciais para gerir e administrar uma empresa ou negócio de forma profissional.

As tecnologias de informação e/ou comunicação possibilitam ao indivíduo ter acesso a milhares de informações e complexidades de contextos tanto próximos como distantes de sua realidade, porém enchem o mesmo de dúvidas, inseguranças e muitas vezes não conseguem dar um norte e completar processos e pedidos simples com objetividade e eficiência.


Numa sociedade onde se ter informação ao alcance de um clique, as pessoas desacostumaram a ler, a interpretar textos, escrever corretamente mantendo uma linha de raciocínio clara e objetiva. Desaprendemos a assumir responsabilidades formalizando pedidos por e-mail e nos acostumamos a solicitar tudo por mensagens de voz via aplicativos de mensagens.


A internet e os aplicativos de comunicação devem ser utilizadas como ferramentas de auxílio para melhorar a comunicação da sua empresa, para acrescentar mais conteúdo ao que se diz na sua rede social, melhorando a escrita e a forma como você se comunica com o seu público.


Cabe então a nós entender que democratizar a tecnologia com discernimento e mantendo os padrões de comunicação exigidos por grandes empresas, só vai nos conduzir ao processo de construção do autoconhecimento fazendo com que um dia os pequenos e médios negócios cheguem a patamares empresariais mais altos.


Diante dessa realidade, surgem os desafios! A criação de processos que possam ser simples, mas que não percam a formalidade e a riqueza de conteúdo e informações no meio do caminho.


Numa realidade onde tempo é dinheiro, pense quanto dinheiro você perdeu nos últimos meses por falta de objetividade e informações incompletas na hora de realizar qualquer processo.


Imaginem se desde o princípio as grandes empresas só se comunicassem por áudios em aplicativos de mensagem, sem qualquer histórico de processos internos, se todos os arquivos importantes de dados, logos ou imagens estivessem apenas nos celulares que carregam nos bolsos? Um simples assalto ou queda do celular faria com que todos os dados de anos da empresa se perdessem.


Precisamos ser usuários criativos porém muito críticos dessas ferramentas, evitando que nos tornemos meros expectadores de um mercado corporativo comprometido enquanto brincamos de mandar áudios com conteúdos incompletos e sem objetividade. Precisamos ser consumidores conscientes dos auxílios que a tecnologia traz, mas não depositórios de dados, que não fazem sentido algum.


Pense se a maneira como você trata a sua empresa como um todo, condiz com onde você quer que ela esteja em alguns anos! Processos amadores e sem responsabilidade certamente não te ajudarão a chegar longe nesse mercado que muda e se reinventa a cada instante. Seja o melhor colaborador para o crescimento da sua própria empresa!


4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo